Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Vasco
  1. FutVasco

Vasco e Flamengo: Uma Rivalidade Que Ultrapassa o Campo

Por Redação FutVasco em 06/06/2024 18:20

O Voto Inesperado de Marcos Braz

A rivalidade entre Vasco e Flamengo é um capítulo à parte na história do futebol carioca. No entanto, na quinta-feira (6), um voto inesperado do vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, gerou surpresa na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. Braz votou a favor da aprovação do projeto de lei sobre o potencial construtivo de São Januário, o estádio do Vasco . Todos os 45 vereadores apoiaram a proposta, que agora passará por uma segunda discussão.

O Projeto de Reforma de São Januário

O projeto de reforma de São Januário visa aumentar a capacidade do estádio para cerca de 48 mil torcedores. O plano foi desenvolvido pela construtora WTorre durante a gestão do ex-presidente do Vasco , Alexandre Campello. O presidente do Vasco , Jorge Salgado, espera que o projeto seja aprovado até o fim de junho. Após a segunda discussão na Câmara, a proposta seguirá para sanção ou veto do prefeito Eduardo Paes.

O Pedido de Coerência de Marcos Braz

Ao defender o projeto de reforma de São Januário, Marcos Braz aproveitou a oportunidade para pedir o mesmo empenho da Câmara com o projeto do futuro estádio do Flamengo. Ele destacou que "esses projetos são bons para a cidade". Braz solicitou coerência e correção no tratamento dos projetos de ambos os clubes. Ele ressaltou que um acordo foi alcançado para reconhecer os benefícios dessas propostas para o Rio de Janeiro.

A Segunda Discussão e a Audiência Pública

Após a aprovação na primeira discussão, o projeto de reforma de São Januário passará por uma segunda discussão na Câmara. Haverá também uma terceira audiência pública, que será realizada no estádio do Vasco na próxima terça-feira (10). Somente após a terceira audiência pública o projeto será novamente votado na Câmara, em segunda discussão. Se aprovado, seguirá para sanção ou veto do prefeito Eduardo Paes.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários: