Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Vasco
  1. FutVasco

Arbitragem e machismo: Vasco se manifesta contra fala de Ramón Díaz

Por Redação FutVasco em 18/04/2024 07:10

A polêmica declaração de Ramón Díaz

Após a derrota do Vasco para o Red Bull Bragantino, o técnico Ramón Díaz fez uma declaração machista sobre a presença de uma mulher na arbitragem de vídeo, apontando-a como culpada pelo erro que resultou em um pênalti contra o time carioca. "O futebol é tão dinâmico, tanta pressão, tão rápido, com decisões tão rápidas. Hoje não sei se o árbitro num pênalti em nosso ponta. Que bate e leva, não sei também se foi pênalti", disse Díaz.

A repercussão negativa e o pedido de desculpas

A declaração de Díaz gerou ampla repercussão negativa nas redes sociais e na mídia. O Vasco da Gama, conhecido por sua posição de vanguarda em questões sociais, se manifestou rapidamente para condenar a fala do treinador. "O Vasco da Gama lamenta a declaração do técnico Ramón Díaz e reafirma o compromisso de reforçar as medidas e diretrizes educativas necessárias em acordo com suas determinações, valores e princípios. Pedimos, assim como nosso técnico, desculpas", afirmou o clube em nota oficial. O próprio Díaz também se desculpou diante da polêmica, alegando que foi mal interpretado. "Se interpretou mal a minha declaração, quero pedir desculpas. O que eu quiser dizer é que uma só pessoa não pode decidir", afirmou o treinador.

O compromisso do Vasco com a educação

Apesar do pedido de desculpas, o Vasco da Gama anunciou que irá realizar medidas educativas com Díaz para evitar que situações semelhantes ocorram no futuro. O clube ressaltou que está comprometido com a promoção da igualdade de gênero e o combate ao machismo e à discriminação no esporte. "O Vasco da Gama entende que a educação é fundamental para combater o machismo e a discriminação. Por isso, o clube se compromete a realizar medidas educativas com o técnico Ramón Díaz para que situações como essa não se repitam", concluiu a nota do Vasco .

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários: